11 relatos sobre o que as pessoas pensam sobre O que é um Psicólogo? E o que é que ele faz?

Escrito por André Nascimento

psi.jpg

Quando o assunto é Psicologia, muitas pessoas verbalizam um imaginário repleto de fantasias, medos e ideais para com a figura deste profissional.

Pensando nisso, selecionei algumas “pérolas” que pude escutar de pessoas próxima a mim, no decorrer da minha formação em Psicologia e trajetória Profissional.

Relatos importantes, que ajudam repensar a prática profissional do Psicólogo, o “ser” Psicólogo, entre outras questões.

11 relatos sobre o que as pessoas pensam sobre O que é um Psicólogo? E o que é que ele faz?

  1. “O Psicólogo é aquele que entende o comportamento humano. Ele estudou pra isso”.
  1. Não precisa de muito, basta um minuto em silêncio, durante uma conversa qualquer, para que surja frases do tipo: “você está me analisando?”, “Porque eu estaria te analisando?”, “Você está em silêncio, me olhando enquanto eu falo…”.
  1. “Fazer o que no Psicólogo, eu não sou doido. Psicólogo é médico de doido!”.
  1. “Quem pode me dizer é você… Psicólogo!”
  1. “Você é Psicólogo. Sabe mais de mim do que eu mesmo”.
  1. “Você não é o profissional que ajuda a pensar!?”
  1. “Você consegue manipular a mente das pessoas?”
  1. “Psicólogos são uns doidos que a gente paga para ouvir as doideiras da gente. Só para no final da sessão eles dizerem que nós sabemos a resposta dos nossos problemas; que é só olhar pra ‘dentro’ e buscar o que nos aflige e qual a solução. Você fala, fala, fala para no fim ‘o cara’ te mandar pensar sozinho e achar a resposta”.
  1. “O Psicólogo aponta em cima do que a pessoa tem que pensar, ele não dá a resposta”.
  2. “Eu conversei com a Psicóloga da Faculdade duas vezes. Ela é ótima! Em uma única sessão, ela me ajudou muito, não me disse nada, só me ouviu e escreveu umas perguntas em uma folha, para eu pensar sobre aquilo em casa. Na hora, achei que não tinha nada haver o que ela escreveu mas, depois, eu vi que tinha. E pensar sobre aquelas coisas me fez achar respostas e melhorar o que me fazia mal. Eu acho que o psicólogo não dá resposta porque a pessoa não vai aceitar. O Psicólogo dá o caminho por onde achar a resposta. Para você mudar tem que vir da sua cabeça, não da de terceiros”.
  3. Um conhecido, na intenção de ajudar, diz: “porque você não pega os seus conhecimentos sobre Psicologia e aplica em você? Rindo: agradeci. Mas, pensei: e Santo de casa faz milagre?

     

    Permitam-me inserir mais uma pérola, que ocorreu recentemente, no Facebook. Um  rapaz, amigo de um paciente, me pergunta:

    –  “Andre, é possível agente fazer contato telepático com alguém? Tipo, estimular que essa pessoa pense em você? Capaz de invadir seu proprio sonho”. “Não é possível”, respondi. “E contato fisico, por exemplo. Tipo, se você ta afim de uma pessoa, seu corpo pode esquentar por isso? Tipo já sentir isso…”, “de onde você tirou essas ideias?”, perguntei. “Da mente, e algo de acontecimento real e correspondido”. Não me restou outra coisa, senão rir, então enviei um (rsrsss). E ele, então, escreve: “As palavras pulsam, escrevo muito também. Louco eu acho, mas quem seria normal? O que é ser normal? Eu nao sei…”.

 

Curta, siga e compartilhe o Escritos Psicanalíticos também no Facebook FBlogo300.


escritos psiAndré Bassete do Nascimento (André Nascimento). Psicólogo. CRP 16/4290. Consultório Particular: Praia do Suá, Vitória, Espírito Santo (ES). Autor, editor e idealizador do Blog Eu Tava Aqui Pensando e Escritos Psicanalíticos. Contato: (27) 999617815 (Vivo). Correio Eletrônico: dreebn@yahoo.com.br

Anúncios