O que a aparência tem a ver com competência?

Escrito por Mariana Amaro

shutterstock_245869195

Nada. Absolutamente nada.

Mesmo assim, em 2016, ainda nos deparamos por aí com descrições de “habilidades” requeridas por um recrutador como a que eu li, ontem:

Para que a profissional tenha um bom desempenho como XXX é essencial que tenha conhecimento de assuntos gerais, saiba administrar bem o tempo, tenha boa comunicação, memória e aparência e bom humor”.

Está lá, escondidinho, quase em último lugar: APARÊNCIA. Desde quando ter boa aparência é um requisito para que a profissional tenha um bom desempenho em qualquer outra função além da de modelo? Só para deixar claro, o cargo em questão não é para uma modelo mas para a área administrativa. Por que, então, ter uma boa aparência é considerado fundamental para que a profissional tenha um bom desempenho?

Já conversei com headhunters, diretores de RH e executivos sobre isso. Normalmente, o que se ouve é que uma aparência desleixada dá a impressão de que o trabalho seguirá o mesmo caminho: do desleixo, apesar de nada comprovar isso. Também já li dezenas de estudos relacionando, de alguma forma, a beleza ao sucesso no mercado de trabalho. Segundo um estudo de Harvard, homens de sucesso são, em média 3 centímetros mais altos que outros homens e mulheres magras ganham em média 9% a mais que mulheres mais gordinhas. O que isso tudo quer dizer? Mais uma vez: absolutamente nada (Ou talvez que ainda haja muito preconceito durante as contratações e promoções).

A única conclusão que consegui tirar de tudo isso é que é um absurdo especificar que “boa aparência” é essencial para desempenhar bem qualquer trabalho. E que em 2016 isso já deveria estar claro para todo mundo. Uma pena que ainda não está.

Notas de Rodapé

Este texto foi retirado integralmente do site Mariana Amaro (LinkedIn). Escrito por Mariana Amaro, Editora em Marie Claire na Editora Globo. Data: 31 de Maio de 2016.

Leia também: Dicas e Estratégias para aumentar a Visibilidade e a Credibilidade da sua Empresa ou Carreira dentro e fora das Redes Sociais

Curta, siga e compartilhe o Escritos Psicanalíticos também no Facebook FBlogo300(clique para abrir).

Conheça-me!

00eu3A.jpg

Saiba mais

André Bassete do Nascimento (André Nascimento). Psicólogo. CRP 16/4290. Psicanalista. Consultório Particular. Praia do Suá, Vitória, ES — Espírito Santo. Autor, editor e idealizador do Blog A Vida e a PsicanáliseEu Tava Aqui Pensando, Sala de Espera e da Revista Eletrônica Escritos Psicanalíticos. Contate-me! (27) 999617815 (Vivo/Whatsapp). Correio Eletrônico: dreebn@yahoo.com.br

Anúncios