Psicanálise clínica à distância e grátis

Escrito por André Nascimento

SIGMUND-FREUD-facebook-620x350

“Não sei bem qual a diferença entre Psicoterapia e Psicanálise. Não conheço bem como funciona uma Psicoterapia ou o que é uma Psicanálise. Não sei o que faz um Psicólogo. Então, se eu escrever alguma besteira, por favor, me corrija.

Um psicólogo também é um psicanalista? Pergunto porque não sei se tem diferença. O que eu tenho que falar na consulta com um psicólogo?

Ah! Deixa, não importa. Eu quero alguém que me dê alguns conselhos e que me ajude a encontrar uma solução para os meus problemas. Eu quero que o Psicólogo/Psicanalista me ajude a voltar a ser quem eu era antes, sabe, sempre fui uma pessoa alegre, sorridente, cheia de vida, batalhadora.

Mas, só tem um ‘probleminha’: não tenho condições de pagar por um tratamento caro, estou com pouco dinheiro, meu orçamento está apertadíssimo, e o que eu ganho mal dá para pagar as contas… 

Moro longe, o trânsito aqui na minha cidade é um caos, há muitos engarrafamentos. Sem contar que tem dias que não tenho nem o dinheiro para pagar à passagem para ir trabalhar… Aí faço uns bicos aqui e alí.

Fiz algumas pesquisas no Google, mas tenho um pouco de dificuldade em fazer certas escolhas, ainda mais quando não conheço o profissional e não sei muito bem como será o tratamento.

Será que uma psicanálise/psicoterapia pode me ajudar? Existe algum tipo de tratamento à distância? Onde consigo encontrar um profissional que trabalhe com Psicanálise clínica à distância e grátis?”.

Por mais que tenhamos acesso à artigos, vídeos, revistas e tantas outras informações pela internet, eu, André Nascimento, costumo sugerir sempre que dúvidas como as mencionadas acima sejam conversadas diretamente com um profissional Psi. De preferência, pessoalmente. Pois aí, você já tem um primeiro contato com o profissional, o consultório, etc.. O que talvez te ajude a escolher se quer ou não ser atendid@ por ele/ela. Mas, é claro que você pode telefonar também, se preferir…

Permita-me dizer uma outra coisa. Tire, isso mesmo, tire de uma vez por todas dos pensamentos esta ideia de que está falando ou perguntando bobagens. Pois as perguntas mencionadas acima fazem parte do imaginário de muitas pessoas. São dúvidas de muitas pessoas. Aliás, poucas pessoas conhecem o que é um psicólogo, o que é um psicanalista e como ambos profissionais trabalham. Poucos sabem das proximidades ou divergências. E tudo bem não saber… Afinal, ninguém sabe de tudo. E que bom! Até porque saber de ‘tudo’ é algo impossível. E como muito bem disse o filósofo Mario Sergio Cortella: “Não nascemos prontos. Gente não nasce pronta e vai se gastando; gente nasce não-pronta e vai se fazendo”.

Há uma grande quantidade de perguntas e não há como respondê-las em um único texto. Quem sabe eu não trabalhe um pouco mais destas questões nos próximos textos.

Por hora, quero trabalhar apenas uma: onde consigo encontrar um profissional que trabalhe com Psicanálise clínica à distância e grátis?“. Pois além de curiosa, esta pergunta também trás alguns pontos importantes.

Mas, se você se interessou por alguma pergunta, ou tem alguma outra dúvida, escreva-me nos comentários deste post, na página do Facebook ou por email (dreebn@yahoo.com.br). Assim que possível lhe dou uma retorno. Ok!? E quem sabe o seu comentário, dúvida ou sugestão não vire o tema de um dos próximos artigos!? Então, vamos lá!

Onde encontrar um profissional que trabalhe com psicanálise clínica à distância e grátis?

Tarefa difícil. Encontrar um profissional capacitado, e que trabalhe em clínica, é fácil. Eu, por exemplo, sou um deles. Encontrar um profissional ético, e que trabalhe com Psicanálise, é fácil. Aqui em Vitória, Espírito Santo (ES), por exemplo, tem aos montes. Se juntarmos os dois: trabalhe em clínica/consultório + que faça ‘bom’ uso da teoria psicanalítica, também encontraremos alguns. Poucos, mas bons. Encontrar um profissional autêntico, e que trabalhe com psicanálise à distância, também não é tão difícil. Pois há, sim, a modalidade de “terapia/psicoterapia online”, que alguns profissionais fazem uso. São atendimentos que acontecem, geralmente, por Vídeo Chamada (Webcams) ou por aplicativos de celulares (Skype, Imo, etc.).

Agora, esse lance de trabalhar “grátis”, meu/minha amig@, é algo semelhante à: “procurar uma agulha em um palheiro!”.

E, daqui em diante, eu vou lhe dizer por quê.

Talvez, você já tenha escutado, ou, um dia, ainda vai escutar de muitos profissionais: “também tenho minhas contas para pagar”, “ninguém trabalha de graça”, “não estudei 5 anos ou mais para atender ninguém de graça”, etc.

Entretanto, é fundamental dizer que um profissional ético, qualificado e, claro, com um pouco de bom senso, não lhe dirá este tipo de resposta. Pode parecer absurdo, eu sei, mas eu mesmo já ouvi alguns comentários deste tipo.

Não terei como desenvolver muito este assunto com profundidade por agora, pois falar sobre o dinheiro e sua importância tanto para quem recebe, quanto para quem paga, em uma análise pessoal, daria um livro. Ou, quem sabe, eu faça um artigo mais à frente sobre este ponto. Caso haja mais pessoas interessadas sobre este tema. Enfim…

Por hora quero esclarecer, mesmo que breve e superficialmente que, quando se trata de uma Psicanálise, o dinheiro é mais que um simples pedaço de papel. O dinheiro tem um valor simbólico! O dinheiro tem um valor de troca. E o modo como lidamos com ele, como o administramos, está intimamente ligado à nossa economia psíquica.

Entende!? A nossa relação com o dinheiro é muito mais complexa do que imaginamos.

Sendo assim, um analista que se preze, que pauta-se na ética da Psicanálise, jamais atenderá alguém de graça. Talvez, até atenda em uma situação pontual. Mas, é algo raro de acontecer…

A grande maioria das pessoas querem mudar a própria vida mas poucas estão dispostas a pagar o preço da mudança.

Porque essa relutância em pagar por uma análise?

Aventurar-se numa análise custa caro porque o processo é demorado e você precisa investir seu precioso e suado dinheirinho. Aliás, dinheiro este que você trabalhou muito para conquistar…

Aventurar-se numa análise custa caro pois, por vezes, precisaremos nos posicionar, “dar à cara a tapa” e fazer escolhas, se quisermos avançar. E escolher, entre outras coisas, significa “abrir mão de…”, perder algo para, posteriormente, ganhar, conquistar outras coisas. Outras vezes, temos que abrir mão de nossa posição no mundo, da maneira como atuávamos em nossas cenas, em nossos dramas pessoais, profissionais, familiares. E abrir mão de parte do nosso eu, custa caro! Por vezes, é sofrido, dolorido. Mas, é a única maneira que conquistar um pouco mais de liberdade. Afinal, como costumo dizer, às vezes, não podemos mudar as cartas do nosso baralho, mas podemos aprender a jogar de outra maneira, com as mesmas cartas. E isso já é muito! Talvez, algo semelhante há: “antes eu jogava para ganhar, agora eu jogo para me divertir…”.

Enfim, mas, porque pagar por uma análise é importante?

Porque pagar uma análise é, minimamente, se responsabilizar por sua própria vida. É assumir, minimamente, as rédeas da própria história!

Não entrarei aqui em detalhes, mas se você deseja saber mais sobre o assunto,  sugiro a leitura do artigo: O preço de uma análise

Preciso sublinhar que ir a um Psicanalista, vivenciar na carne, na própria pele os efeitos de uma psicanálise pode, sim, trazer alguns benefícios. Afinal, o fato de algumas pessoas não conseguirem algum “resultado” (por ausência de palavra melhor), como haviam planejado no início ou durante o processo, não quer dizer que eles não existam.

Mesmo que existam exceções – e é obvio que elas existem –  você não só pode, como deve falar sobre os efeitos da psicanálise na sua vida. Aventurar-se nessa jornada. Afinal de contas, se eu não tiver a mínima CONVICÇÃO de que o meu trabalho pode melhorar a vida de alguém, mesmo sabendo que a Psicanálise vai além, muito além da Terapêutica, por que eu iria passar, semanalmente, por todo esse processo?! E mais do que isso: porque eu iria oferecê-lo a você?!

Eu trabalhei um pouco mais sobre a experiência psicanalítica neste texto: Testemunho: efeitos de uma psicanálise 

Uma Psicanálise é, sim, agente de transformação. Uma Psicanálise nos possibilita constatar que nem sempre, “somos donos da nossa própria casa”, pois há algumas formações do inconsciente que nos atravessam e gerenciam as nossas vidas. Uma Psicanálise nos possibilita, minimamente, rever a nossa própria história. Resignificá-la! Ultrapassar alguns sofrimentos, curar algumas feridas. E quem sabe, revelar habilidades e aprimorá-las.

Curta, siga e compartilhe o Escritos Psicanalíticos também no Facebook FBlogo300(clique para abrir).

Conheça-me!

00eu3A.jpg

Saiba mais

André Bassete do Nascimento (André Nascimento). Psicólogo. CRP 16/4290. Psicanalista. Consultório Particular. Praia do Suá, Vitória, ES — Espírito Santo. Autor, editor e idealizador do Blog A Vida e a PsicanáliseEu Tava Aqui Pensando, Sala de Espera e da Revista Eletrônica Escritos Psicanalíticos. Contate-me! (27) 999617815 (Vivo/Whatsapp). Correio Eletrônico: dreebn@yahoo.com.br

Anúncios